Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A miúda do campo

A vida é um sonho de descobrir o mundo, o amor, de aprender a escutar para a verdade descobrir, de construir um baú cheio de sonhos transformados em memorias, nunca devemos de ter medo

A miúda do campo

A vida é um sonho de descobrir o mundo, o amor, de aprender a escutar para a verdade descobrir, de construir um baú cheio de sonhos transformados em memorias, nunca devemos de ter medo

16.12.19

Uma história de diversidade


Sara Hilário

 

Hoje, peguei na minha mala e lá foi eu embarcar no comboio para um mundo, um mundo cheio de diversidade, diversidade cultural que se interliga com a diversidade de grupos que têm em comum interesses, maneiras de vestir, hábitos que todos conhecemos pelo nome que nem sempre vem a cabeça são as Tribos Urbanas.Pertenceras ou identifica-se com alguma tribo urbana?Por esta viagem conheci várias e no meu mapa apontei para não me esquecer desta magnífica viagem. No meu mapa cheio de pontos olho agora para aquele grupo que me ensinou que descendem causas como as dos animais e organizações ambientes e têm um nome digo engraçado será que sabes qual é o nome, bem são os indies, tenho aqui um grupo que de uma certa forma lutam de igual forma que os indies pelos direitos dos animais mas este grupo simplesmente não come coisas que tenham origem animal, como já deves ter ouvido são os vegens.Estou a reparar agora que a minha bússola ne indica um caminho a seguir parece que ainda tenho muito por descobrirSegui segui com toda a curiosidade para conhecer sem demora os chamados roqueiros, metaleiros, punks, o que posso eu dizer são diferentes mas parecidos vou agora desenhar no mapa da diversidade da minha viagem o caminho para uma próxima etapa os possas conhecer da melhor maneira, mas como me indica a minha bússola me indica para norte e o caminho a seguir pois tenho mais pontos a colocar no meu mapa e levar a mala cheia de belas recordações, bem e à quase me esquecia de guardar um espacinho para um grupo com quem choquei este nome tem o nome de hippies eu conheço pelo amor e paz e foi com amor e paz que embarquei sem medos por esta viagem. Sei que haverá mais Tribos Urbanas para colhecer e marcar um pontinho no meu mapa, que irei guardar para nunca me esquecer e para mais tarde poder dar a colhecer ao meu do está beleza de diversidade.Está é sem dúvida uma viagem encontramos a variedade das culturas cheias de várias tradições de encher os olhos, pois é com a variedade de ideias, características, elementos entre si que encontramos a diversidade que nos leva a viajar perante a existência de tribos urbana pois é a diversidade do presente e do passado que nos tornam mais rico porque é ela a nossa herança preciosa e essa diversidade que temos de saber ouvir e respeitar para que possamos respeitar uns aos outros.Foi com esta viagem por este mundo cheio de diversidade cultural envolvente com as Tribos Urbanas de que me apoderei hoje e aprendi que ser livre é conseguir flutuar entre a diversidade e a multiplicidade, sem perder a minha identidade.Não há Tribos Urbanas sem diversidade cultural e não há diversidade sem haver Tribos Urbanas que se respeitem uns aos outros, pois só assim podemos viver num mundo sem conflitos.Num mundo cheio de diversidade devemos de respeitar uns aos outros outros.

10912-img-20190624-154134_orig.jpg

 

Imagina se estes chapéus representassem a variedade de grupos que transformam o mundo numa diversidade cultural?!
 
 
  • Imagens neste post por: a miuda do campo

Tens a oportunidade de conhecer todos os artigos por mim escritos para o blog Nós, Poéticos e Literários que nasceu de um suspiro. Como um poema em que tens a ideia e depois vais trabalhar com cuidado para não perder o traço.


descobre todos os textos

7 comentários

Comentar post